MINISTÉRIO PÚBLICO DO RN FAZ ALERTA À POPULAÇÃO SOBRE GOLPE DO 'NOVO NÚMERO' NO WHATSAPP

Criminosos falsificam o perfil do usuário e fingem ser a pessoa com um novo número para extorquir dinheiro de seus contatos.



Criminosos fingem ser pessoa com novo número para extorquir contatos. — Foto: Reprodução/RPC

Criminosos fingem ser pessoa com novo número para extorquir contatos. — Foto: Reprodução/RPC

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) emitiu, nesta quinta-feira (15), um alerta à população em geral sobre o golpe do novo número que vem sendo aplicado através do aplicativo WhatsApp. Os criminosos falsificam o perfil do usuário e fingem ser a pessoa com um novo número para extorquir dinheiro de seus contatos.

De acordo com o MPRN, nesse golpe os bandidos conseguem ter acesso aos dados pessoais da vítima pela compra ilegal de banco de dados ou pelo acesso à foto de perfil da mesma.

Na maioria das vezes, o golpe começa com o envio da mensagem "troquei meu celular", seguida de algumas informações para convencer o contato de que aquela situação é real. Logo após, é pedido socorro financeiro.

O deputado estadual Tomba Farias foi vítima do golpe em 2 de julho. De acordo com o parlamentar, criminosos estariam usando um outro número não pertencente a ele, mas com a sua foto, pedindo dinheiro em seu nome.

O deputado fez um alerta sobre o crime em suas redes sociais e destacou que não solicita nenhum tipo de recurso de forma virtual.

A aposentada Glória Melo também foi vítima dos golpistas. Ela chegou a transferir R$ 20 mil para os criminosos em junho.

"Eu não desconfiei de nada. Eles colocaram o nome e a foto da minha filha e conversaram comigo por uns quatro dias. Aí depois foi que pediram o dinheiro e eu dei", contou.

O MPRN orienta que a população fique atenta a esse tipo de mensagens e sempre desconfie, tentando inicialmente um contato telefônico ou presencial com o verdadeiro dono da linha.

O MP alerta ainda que sempre que for vítima da tentativa de golpe, o cidadão deve informar o plantão 190. Em caso de dúvidas, o MPRN disponibiliza o Disque-denúncia 127, que funciona das 7h às 19h em dias de semana.



RR COMUNICAÇÃO

Buscar

Siga-nos

Enquetes

Nenhuma enquete encontrada.

Vídeos

Galeria

Áudios

Parceiros

Publicidades

Contato


rudimarramon@gmail.com

Desenvolvimento

www.aksoftware.com.br