PREÇO DA CESTA BÁSICA TEM ALTA DE 0,30% EM AGOSTO EM NATAL, APONTA DIEESE

Em agosto, o preço médio ficou em R$ 508,04. Em julho, o valor era R$ 506,51. Nos últimos 12 meses, a variação do preço da cesta básica em Natal é de 21,11%.



Preço da cesta básica tem alta de 0,30% em agosto em Natal, aponta Dieese — Foto: Reprodução/ RPC Curitiba

Preço da cesta básica tem alta de 0,30% em agosto em Natal, aponta Dieese — Foto: Reprodução/ RPC Curitiba

O preço da cesta básica teve uma alta de 0,30% em agosto em Natal - o preço médio ficou em R$ 508,04. No mês de julho, o valor era R$ 506,51.

De acordo com a pesquisa feita mensalmente em 17 capitais do país pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), o custo médio da cesta básica de alimentos aumentou em 13 cidades e diminuiu em quatro.

As maiores altas foram registradas em Campo Grande (3,48%), Belo Horizonte (2,45%) e Brasília (2,10%). As capitais que tiveram queda foram Aracaju (-6,56%), Curitiba (-3,12%), Fortaleza (-1,88%) e João Pessoa (-0,28%).

A cesta mais cara registrada pela pesquisa foi a de Porto Alegre (R$ 664,67), seguida pelas de Florianópolis (R$ 659,00), São Paulo (R$ 650,50) e Rio de Janeiro (R$ 634,18). Os menores valores foram registrados em Aracaju (R$ 456,40) e Salvador (R$ 485,44).

Um levantamento realizado pelo Procon Natal revelou que o preço do conjunto de alimentos básicos teve variação de até 13% entre o período de 23 a 31 de agosto na capital potiguar.

Segundo o Dieese, a variação do preço da cesta básica em Natal nos últimos 12 meses é de 21,11%.

Salário mínimo

Dados do Dieese apontam que, para as famílias com renda de um salário mínimo, o preço da cesta básica chega a consumir 65,32% dos ganhos mensais.

O conjunto de alimentos consome 49,93% do salário mínimo dos natalenses.


MAIS COMUNICAÇÃO

Buscar

Siga-nos

Enquetes

Nenhuma enquete encontrada.

Vídeos

Galeria

Áudios

Parceiros

Publicidades

Contato


rudimarramon@gmail.com

Desenvolvimento

www.aksoftware.com.br