CAIXA COM 3 KG DE SKUNK É APREENDIDA ENTRE ENCOMENDAS NA RODOVIÁRIA DE NATAL


Uma caixa com cerca de 3 quilos de skunk foi apreendida nesta segunda-feira (20) na Sala de Encomendas do Terminal Rodoviário de Natal, na Zona Oeste da cidade.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), responsável por interceptar a droga, a caixa – que tinha cinco pacotes da droga dentro – seguia de Fortaleza com destino a Natal.

O material conseguiu ser interceptado após informações trocadas entre as polícias rodoviárias federais no Rio Grande do Norte e no Ceará.

A PRF do Ceará recebeu essa denúncia anônima de que essa drogas estava sendo transportada por uma empresa”, explicou o policial rodoviário federal Audizio Araújo.

As caixas tinham o nome do remetente, mas não de quem receberia o produto na capital potiguar. Ninguém foi preso.

O material foi levado para a Central de Flagrantes de Natal para autuação da Polícia Civil, que vai investigar o caso através da Delegacia Especializada em Narcóticos (Denarc).

O emissor a gente já sabe quem é, a gente tem os dados. O receptor a gente ainda está trabalhando para descobrir. E a gente passa os dados para a Polícia Civil”, disse o PRF Audizio Araújo.

O skunk é uma droga produzida em laboratório por meio de cruzamentos de tipos diferentes de maconha.

Publicidade

ADOLESCENTE QUE MATOU FAMÍLIA DIZ NÃO SE ARREPENDER E ADMITE TER PENSADO NO CRIME ANTES DE COMETÊ-LO: ‘FARIA NOVAMENTE’


O adolescente de 16 anos apreendido após matar o pai, de 57 anos, a mãe, de 50, e a irmã, também de 16, na Zona Oeste de São Paulo, na última sexta-feira, afirmou que não se arrepende do crime e disse que “faria novamente” em depoimento à Polícia Civil. O crime aconteceu dentro da casa em que a família vivia, onde o jovem permaneceu com os corpos até o domingo, quando acionou a Polícia Militar.

Segundo o boletim de ocorrência, o adolescente afirma que cometeu o crime porque estava com raiva dos pais após eles terem confiscado seu celular. Ele ainda conta que sempre teve desentendimentos com os pais, que eram adotivos.

O autor do crime relata que, na noite anterior ao crime, os pais o teriam chamado de “vagabundo” e tirado seu celular, “não podendo utilizá-lo para fazer uma apresentação da escola, com isso planejou a morte dos pais”, segundo o Boletim de Ocorrência.

Publicidade

MÉDICA PEDIATRA MORRE COM SUSPEITA DE DENGUE 13 DIAS DEPOIS DO FILHO DE 5 ANOS


A morte da médica Laysa Lira, de 47 anos, causou comoção no Piauí na manhã desta segunda-feira (20). A profissional da saúde estava internada em estado grave em um hospital particular de Teresina e enfrentava complicações por dengue, segundo relataram amigos e familiares. O filho dela, um menino de 5 anos, morreu no dia 7 de maio em decorrência da mesma doença

Os exames que vão confirmar a causa da morte de Laysa, no entanto, ainda não foram divulgados pelo Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen) do estado. Se o diagnóstico for confirmado, essa será a 11ª morte por dengue no Piauí em 2024. O filho mais velho da médica está na UTI de um hospital particular com sintomas da doença. O quadro, conforme a família, é estável.

TRABALHAVA EM VÁRIOS HOSPITAIS
Filha do ex-prefeito da cidade de Amarante, Dr. Agenor Lira, Laysa atuava como pediatra em hospitais de Teresina, Água Branca e também em Amarante. O velório aconteceu ontem no Cemitério Jardim da Ressurreição, na capital piauiense. Nas redes sociais, amigos, prefeituras e orgãos de saúde lamentaram a morte da médica.

Quanta tristeza, como eu gostava dessa pessoa incrível, de bom coração, humana, solícita, atenciosa, profissional de excelência, sem palavras para expressar essa perda. Só Deus para dar conforto para os familiares e amigos nesse momento tão difícil”, comentou a vice-prefeita da cidade de Água Branca, Marinalva Chaves.

Quanta dor, estou sem acreditar. Que Deus a receba de braços abertos ao lado de Rafinha”, escreveu Rosany Monteiro, amiga de Laysa.

IMENSA TRISTEZA
A Prefeitura de Amarante divulgou uma nota de pesar em suas redes sociais. “É com imensa tristeza que recebemos a notícia do falecimento da Dra. Laysa Lira, médica da Policlínica de Amarante. Nossos sentimentos e solidariedade à família, amigos e colegas neste momento de dor. Que sua memória seja sempre uma inspiração para todos”, diz o comunicado.

Publicidade

JUSTIÇA ACEITA PEDIDO DE RECUPERAÇÃO JUDICIAL DA POLISHOP; DÍVIDA ESTIMADA É DE R$ 395,6 MILHÕES


A 2ª Vara de Falências e Recuperações Judiciais do Tribunal de Justiça de São Paulo aceitou hoje o pedido de recuperação da Polishop, feito no último dia 17, sob a alegação de dívidas estimadas em R$ 395,6 milhões.

Com a decisão, ficam suspensas por 180 dias as execuções, arrestos e penhoras, ficando a empresa responsável por preparar um plano de reestruturação e pagamento dos credores a ser apresentado em 60 dias.

A rede foi fundada pelo empresário João Appolinário em 1999. Nos últimos dois anos foram fechadas 210 lojas, com a demissão de 2 mil funcionários. Atualmente, a Polishop tem 49 lojas em shoppings centers e quase 500 colaboradores.

No mês passado, em entrevista à coluna Capital, do GLOBO, Appolinário mencionou que a empresa ainda estava lidando com problemas decorrentes da pandemia, fora o encolhimento na concessão de financiamento para o varejo depois da crise da Americanas. No entanto, demonstrou confiança na recuperação da empresa.

Talvez meu erro tenha sido preservar as nossas lojas e empregos por tanto tempo. Mas me comprometi a não demitir na pandemia. E achei que os shoppings voltariam mais rápido. Não voltaram e os alugueis subiram 64% pelo IGPM desde 2019. A conta ficou insustentável — disse.

A empresa, que cresceu fazendo ofertas em canais de televisão, também vinha tentando aumentar a rentabilidade com produtos de marca própria.

Publicidade

DENGUE: BRASIL ULTRAPASSA 5 MILHÕES DE CASOS E BATE NOVO RECORDE


Os números da dengue não param de crescer. O Brasil alcançou, nesta segunda-feira (20/5), a marca de 5.100.766 de casos prováveis de dengue em 2024. A informação consta na mais recente atualização do Painel de Monitoramento das Arboviroses, abastecido com base em dados do Ministério da Saúde.

No total, são 2.827 mortos pela doença. Esta é a maior quantidade de óbitos confirmados desde o início da série histórica no país, em 2000. O número supera, inclusive, o recorde registrado em todo o ano de 2023 (1.094 mortes).

Em relação ao número de casos, 2024 (5.100.766) já supera os dois anos que haviam registrado maior quantidade de infectados, até então: 2015, com 1.688.688 diagnósticos, e 2023, com 1.641.278.

São Paulo lidera o ranking de número de casos graves da doença (13.120), seguido por Minas Gerais (9.228) e Paraná (8.339).

Segundo o Ministério da Saúde, o alto volume de casos registrado neste ano tem relação com fatores como as mudanças climáticas e a circulação de mais de um sorotipo do vírus.

Como combater a proliferação
O Ministério da Saúde estima que cerca de 75% dos focos de dengue estejam nos domicílios. Confira algumas instruções da pasta para diminuir a proliferação:

- mantenha a caixa-d’água bem fechada;
- receba bem os agentes da saúde e os de endemias;
- amarre bem os sacos de lixo;
- coloque areia nos vasos de planta;
- guarde pneus em locais cobertos;
- limpe bem as calhas de casa; e
- não acumule sucata e entulho.

Atualmente, todos os quatro sorotipos da doença circulam no país, o que é uma situação considerada “incomum” pela secretária de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Ethel Maciel.

Sintomas
Os sintomas da dengue podem variar de leves a graves e geralmente aparecem de 4 a 10 dias após a picada do mosquito infectado. As manifestações clínicas incluem:

- febre alta: a temperatura corporal pode atingir valores significativamente elevados, geralmente acompanhada de calafrios e - sudorese intensa;
- dor de cabeça intensa: a dor é geralmente localizada na região frontal e pode se estender para os olhos;
- dores musculares e nas articulações: sensação de desconforto e dor, muitas vezes referida como “quebra ossos”;
- manchas vermelhas na pele: conhecidas como petéquias, essas manchas podem aparecer em diferentes partes do corpo;
- fadiga: uma sensação geral de fraqueza e cansaço persistente.

Publicidade

DESVIO NA BR-304 É LIBERADO NO SISTEMA PARE E SIGA


O desvio na BR-304, em Lajes, foi liberado no sistema pare e siga na tarde desta segunda-feira. Ainda falta uma parte com menos de 100 metros para concluir a obra, quando o desvio será liberado por completo, até o fim desta semana. A informação foi repassada pelo superintendente do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) no Rio Grande do Norte.

O desvio começou a ser construído na primeira semana de abril e tinha previsão inicial de 15 dias, mas teve prazo modificado em razão das chuvas, segundo informou o Dnit. O investimento total para a obra do desvio é de R$ 6,1 milhões.

O órgão diz que quando finalizado, o desvio terá 500 metros de extensão, 10,5 metros de largura (incluindo dois acostamentos de 1,5 metro cada) em pavimento de Concreto Betuminoso Usinado a Quente (CBUQ). A camada de CBUQ terá sete centímetros de espessura, garantindo aos usuários mais segurança ao trafegar e possibilitando a passagem de veículos pesados.

A pista é provisória. Será utilizada enquanto a travessia da rodovia que cedeu não for feita. Após isso, será aproveitada como parte do canteiro de obras para a execução da nova ponte. A ponte a ser construída vai substituir a estrutura que colapsou no final de março em decorrência das fortes chuvas.

Publicidade

ADOLESCENTE DE 16 ANOS MATA PAIS E IRMÃ A TIROS DENTRO DE CASA APÓS SER PROIBIDO DE USAR CELULAR


Um adolescente de 16 anos foi apreendido na madrugada desta segunda-feira (20) após confessar à polícia que havia assassinado o pai, a mãe e a irmã dentro de casa na Vila Jaguara, Zona Oeste de São Paulo.

Os corpos de Isac Tavares Santos, 57 anos, Solange Aparecida Gomes, 50 anos, e Letícia Gomes Santos, de 16 anos, foram encontrados com marcas de tiros efetuados por uma pistola e já estavam em processo de decomposição quando foram encontrados, informou a polícia.

A pistola usada no crime foi achada na mesa da sala e estava municiada. Próximo ao corpo da adolescente também havia uma cápsula deflagrada de arma de fogo. A arma e a munição foram apreendidas.

O adolescente foi encaminhado para a delegacia, onde afirmou que sempre teve desentendimentos com seus pais, que eram adotivos. Segundo ele, na quinta-feira (16) os pais “o teriam chamado de vagabundo, tiraram seu celular e, não podendo [o adolescente] usar o aparelho para fazer uma apresentação da escola, planejou a morte”, segundo consta no boletim de ocorrência.

Ainda conforme o adolescente, ele sabia onde o pai escondia a arma e a testou momentos antes do crime. Na sexta-feira (17), ele atirou contra o pai quando ele estava na cozinha e de costas. A irmã ouviu o disparo, foi até o cômodo e foi baleada no rosto.

O adolescente ainda relatou que foi para a academia após matar os dois. Ao retornar, esperou pela mãe, que foi assassinada assim que viu os corpos do marido e da filha. O adolescente ainda colocou uma faca no corpo da vítima no dia seguinte.

O caso foi registrado como ato infracional por homicídio, feminicídio, posse ou porte ilegal de arma de fogo de uso restrito e vilipêndio de cadáver. com informações do g1/SP.

Publicidade

CEDAC PESQUISA/NÍSIA FLORESTA: ESPONTÂNEA - SAÚDE, ESTRADAS E SEGURANÇA SÃO OS MAIORES PROBLEMAS DA CIDADE


A CEDAC PESQUISA divulgou neste domingo (19), o resultado de mais uma pesquisa que avalia o cenário administrativo e político de Nísia Floresta. De acordo com 32,5% dos entrevistados o maior problema enfretado pela população é a saúde pública; 17% dos entrevistados apontam as Estradas como maior problema do município; Outros 11% dizem que é a segurança o maior problema de Nísia Floresta. 

A Pesquisa CEDAC/ Nísia Floresta está registrada sob o nº TRE RN-07961/2024. Com margem de erro de 4,8%. A pesquisa faz uma análise amostral com 400 (quatrocentos) entrevistados. E, foi realizada nos dias 13 e 14 de maio de 2024. Com intervalo de confiança de 95%.

Publicidade

CEDAC PESQUISA/NÍSIA FLORESTA: NA ESTIMULADA - ALEXANDRE DANTAS LIDERA COM 28,5%; TITICO BRITO TEM 25,25%, E, GUSTAVO SANTOS APARECE COM 14,75% DAS INTENÇÕES DE VOTOS


A CEDAC PESQUISA divulgou neste domingo (19), o resultado de mais uma pesquisa que avalia o cenário político de Nísia Floresta. No cenário estimulado os eleitores de Nísia Floresta apontam que: 28,5% dos entrevistados preferem Alexandre Dantas; já 25,25% dos entrevistados dizem preferência por Titico Brito; 14,75% dos entrevistados optaram por Gustavo Santos; 6,25% dos eleitores optam pelo nome de Dr. Edvaldo Nascimento. Ainda de acordo com a pesquisa, 20,75% dos eleitores ainda não sabe em quem votar ou não respondeu a pesquisa, e 4,5% dizem não votar em nenhum ou branco e nulo. 

A Pesquisa CEDAC/ Nísia Floresta está registrada sob o nº TRE RN-07961/2024. Com margem de erro de 4,8%. A pesquisa faz uma análise amostral com 400 (quatrocentos) entrevistados. E, foi realizada nos dias 13 e 14 de maio de 2024. Com intervalo de confiança de 95%.

Publicidade

CEDAC PESQUISA/NÍSIA FLORESTA: NA ESPONTÂNEA - ALEXANDRE DANTAS LIDERA COM 20,5%; TITICO BRITO TEM 18%, E, GUSTAVO SANTOS APARECE COM 12,5% DAS INTENÇÕES DE VOTOS


A CEDAC PESQUISA divulgou neste domingo (19), o resultado de mais uma pesquisa que avalia o cenário político de Nísia Floresta. Na espontânea os eleitores de Nísia Floresta apontam que: 20,5% dos entrevistados preferem Alexandre Dantas; já 18% dos entrevistados dizem preferência por Titico Brito; 12,5% dos entrevistados optaram por Gustavo Santos; 4,5% dos eleitores optam pelo nome de Dr. Edvaldo Nascimento; 1,5% dizem ter preferência pelo Prefeito Daniel Marinho (que não disputará as eleições deste ano). Ainda de acordo com a pesquisa, 38,25% dos eleitores ainda não sabe ou não respondeu a pesquisa, e 4,5% dizem não votar em nenhum ou branco e nulo. 

A Pesquisa CEDAC/ Nísia Floresta está registrada sob o nº TRE RN-07961/2024. Com margem de erro de 4,8%. A pesquisa faz uma análise amostral com 400 (quatrocentos) entrevistados. E, foi realizada nos dias 13 e 14 de maio de 2024. Com intervalo de confiança de 95%.

Publicidade