SOBE PARA 157 O NÚMERO DE MORTOS EM TRAGÉDIA NO RS; 88 PESSOAS ESTÃO DESAPARECIDAS


O número de mortos pelas chuvas no Rio Grande do Sul subiu para 157 nesse domingo (19), de acordo com o balanço divulgado pela Defesa Civil estadual às 18h. Ao todo, há ainda 88 pessoas desaparecidas — dado que apresenta uma diminuição em relação ao sábado. As autoridades estimam que a catástrofe tenha afetado a vida de 2,3 milhões de moradores de 463 municípios até agora — 93% do total. O número de desalojados subiu para 581.633 pessoas, e 76.955 em abrigos.

Até as 18h desse domingo, 82.666 pessoas haviam sido resgatadas, além de 12.215 animais. O efetivo empregado nos resgates foi de 27.716 pessoas, além de 4.061 viaturas, 21 aeronaves e 302 embarcações, segundo o governo.

Como estão os níveis dos rios no Rio Grande do Sul?
O balanço informa também que quatro dos dez principais rios do estado seguem com níveis acima da cota de inundação. No Guaíba, a elevação diminui gradativamente.

Lago Guaíba – Porto Alegre – 4,28 metros (cota inundação 3,00 Centro)
Rio Gravataí – Gravataí – 5,61 metros (cota de inundação 4.75)
Rio dos Sinos – São Leopoldo – 5,96 metros (cota inundação 4,50)
Rio Caí – Feliz – 3,15 metros (cota inundação 9,00)
Rio Uruguai – Uruguaiana – 10,10 metros (cota inundação 8,50)
(Dados atualizados às 21h de sábado no DRHS/Sema-RS)

Publicidade

DESVIO PARTICULAR FECHA E MOTORISTAS TENTAM PASSAR NA BR-304 EM OBRAS


O desvio da BR-304 por dentro de uma propriedade particular foi fechado na manhã deste domingo (19) e provocou um imenso congestionamento. De acordo com informações extraoficiais, o fechamento se deve a uma briga entre os proprietários de terras pelas quais o desvio passa.

Segundo as informações que estão circulando, estima-se que mais de 100 carros estariam na fila para passar pelo desvio.

Sem a opção do desvio particular, os motoristas se deslocaram para a BR-304 e tentam negociar a passagem por uma via que foi erguida para que as máquinas do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) ergueu para que as máquinas pudessem passar pelo trecho e construir o desvio oficial.

Um vídeo mostra a negociação e um encarregado da obra explicando que não pode deixar os motoristas passar. Em determinado momento alguém fala que vai chamar a Polícia Rodoviária Federal (PRF). 

Publicidade

PRESIDENTE DO IRÃ MORRE EM QUEDA DE HELICÓPTERO, CONFIRMA TV ESTATAL


A mídia iraniana confirmou a morte do presidente do Irã, Ebrahim Raisi, de 63 anos, e do ministro das Relações Exteriores, Hossein Amir Abdollahian, após um acidente de helicóptero na província montanhosa do Azerbaijão Oriental.

A mídia estatal iraniana Press TV e as agências de notícias semioficiais Tasnim e Mehr relataram que todos os que estavam a bordo foram mortos.

Estavam na aeronave também o governador da província do Azerbaijão Oriental, Malek Rahmati; o condutor da oração de sexta-feira de Tabriz, Imam Mohammad Ali Alehashem; bem como comandante, copiloto, chefe de tripulação, chefe de segurança e outro guarda-costas.

Imagens de drones dos destroços tiradas pelo Crescente Vermelho e transmitidas pela agência de notícias estatal Fars mostraram o local do acidente em uma encosta íngreme e arborizada, com pouco resto do helicóptero, além de uma cauda azul e branca.

Pelo menos 73 equipes de resgate foram até o local, perto da vila de Tavil, na província iraniana do Azerbaijão Oriental, de acordo com Pir-Hossein Kolivand, chefe do Crescente Vermelho Iraniano, informou a Tasnim.

Publicidade

ÁGUA A R$ 80: FISCALIZAÇÃO DO RS AUTUA 65 ESTABELECIMENTOS POR PREÇO ABUSIVO; DOIS FORAM PRESOS


O Ministério Público do Rio Grande do Sul (MPRS) autuou 65 estabelecimentos por preços abusivos. O Estado vive sua maior tragédia climática desde que as chuvas começaram no fim de abril com ao menos 155 mortos e 94 desaparecidos.

De acordo com o MPRS, a maioria das autuações ocorreu em mercados e postos de gasolina. Em um dos postos, dois funcionários foram presos – o MP não deu mais detalhes sobre as prisões. Também foram fiscalizas farmácias, empresas de caminhão pipa e revendas de gás e água. Em algumas, o galão de 20 litros chegava a ser vendido por R$ 80.

A força-tarefa do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO/MPRS) começou as fiscalizações no dia 4 de maio. Eles apuraram 315 denúncias de estabelecimentos em Porto Alegre, Gravataí, Viamão, Cachoeirinha, Canoas e Alvorada.

As denúncias chegaram pelo email precoabusivo@mprs.mp.br, criado para atender a população durante as enchentes. No total, o MPRS disse já ter recebido 680 denúncias de todo o Estado.

Publicidade

APÓS NEGAR VERACIDADE DA FOTO, GABIGOL ASSUME ERRO, PEDE DESCULPA E DIZ POR QUE USOU CAMISA DO CORINTHIANS


O atacante Gabigol, do Flamengo, decidiu pedir desculpas após o vazamento de uma foto dele com a camisa do Corinthians. Em entrevista ao blog do jornalista André Hernan, do UOL Esporte, o jogador explica por que apareceu com o uniforme de outro clube, dá sua versão para a tentativa de gerir a crise e fala sobre o futuro no Flamengo. Sobre a foto, ele diz que foi obra de uma pessoa “maldosa”.

Gabigol, inclusive, quer renovar o contrato, que termina em dezembro. E espera que mesmo sem a camisa 10, tirada dele pela diretoria após o episódio, o número 99 traga uma “nova versão” da história no Fla.

Qual o contexto da foto?
Eu acho que estava em casa, em um período de folga. A gente estava em um jogo muito importante na Libertadores, que a gente precisava ganhar. Eu também fiquei um período fora por causa da questão do doping. E convidei algumas pessoas que vieram aqui em casa durante esse período, para poder me ajudar, me dar um incentivo, acompanhar alguns treinos meus. Foi o primeiro dia que eu tive um pouco de tranquilidade para poder curtir com eles. A gente estava em uma resenha, um churrasco de amigos, pessoas do Flamengo, amigos meus, pessoais. E aí acabou saindo essa foto que mudou todo o panorama da história”.

Teu maior erro foi não admitir?
"Primeiro, eu errei. Acho que é errar, pedir desculpas, saber que eu errei. Mas nesse momento que a foto saiu, eu fiquei muito perplexo. Fiquei sem entender. Esse período que fiquei sem falar, sem me pronunciar, foi um período que tirei para pensar. É claro que na emoção dos fatos, o meu primeiro pensamento foi negar. Como eu falo com meus amigos, eu coleciono camisas, troco camisas, seja de seleção, de basquete, e essa camisa eu acabei recebendo e usando.

Como eu falei, errei, peço desculpas. Mas foi um ato que eu não pensei tanto assim. Não sabia que ia acontecer tudo isso. Nunca iria usar uma camisa para poder desrespeitar a camisa do Flamengo, a torcida do Flamengo. Isso é um ato que em várias periferias tem, usar várias camisas. É pedir desculpas e dizer que não vai acontecer mais”.

Você usa muitas camisas de outros times?
Eu estava na minha intimidade, em casa, em um momento totalmente relaxado, desarmado. Estava em casa, tranquilo, com amigos, com pessoas que eu considero. Então, em vários momentos já usei outras camisas também. Essa camisa tem uma questão racial também nela. Então, eu ganho camisa do Santos. Esses dias lançaram uma camisa do Santos com Charlie Brown, em homenagem a ele, eu ganhei. Jogadores que jogam fora me mandam camisa. Camisas de seleção, de basquete. Foi um momento que eu estava usando uma camisa sem pretensão nenhuma de acontecer nada. Essa foto acabou sendo vazada. Errei, aprendi e não vai acontecer mais”.

Já sabe quem foi que tirou a foto?
Pessoas maldosas que agem assim, acho que não vale a pena tocar nesse assunto. O que eu fiz foi orar muito para ele, para que essa maldade saia do coração dele. Porque a gente estava em uma resenha de amigos, a pessoa ficou aqui em casa cerca de 20, 30 minutos. Não era algo grande. Não era algo que eu precisaria tomar tanto cuidado assim. Óbvio que eu fiquei muito triste, óbvio que eu externei isso para a pessoa, mas eu prefiro perdoá-la”.

Você quer renovar com o Flamengo? Esse episódio pode mudar algo nessa questão?
Eu acho que não muda o cenário. É uma coisa conversada pelos dois lados. Eu nunca gosto de conversar sobre isso, porque pode colocar as minhas palavras de forma errada e criar uma crise que não acho que seja certo. Não gosto quando as pessoas falam, principalmente as que não sabem a verdade. Eu acho que isso vai ser resolvido da melhor maneira possível. Todo mundo sabe e não é escondido de ninguém que eu quero muito ficar no Flamengo. Não falo isso porque está acontecendo isso agora. As pessoas que vivem ao meu redor, que me conhecem, sabem do meu amor pelo Flamengo. Tenho certeza que não é uma foto, não é um erro, que vai apagar a nossa conexão. Principalmente com a torcida do Flamengo. Sendo bem sincero, já ganhei muitas coisas aqui, fui muito feliz. Vivi coisas maravilhosas, coisas tristes também. Sempre foi uma relação de amor e ódio. Mas verdadeira. É isso o que eu sinto deles. Quando eles levantaram a bandeira para mim na questão do doping, foi o melhor dia da minha vida, além dos títulos”.

E sua relação com a torcida? Como fica?
A primeira coisa é pedir desculpa, como estou pedindo. Sei que poderia ter feito isso antes, mas sou ser humano. Também preciso do meu tempo. Sou que nem eles às vezes, que chegam do trabalho e acontece alguma coisa ruim, e só quer se trancar no quarto, só quer ficar com os pais. Eu precisava fazer isso (pedir desculpa) com meus pais, com meus colegas de clube primeiro do que com a imprensa."

Publicidade

MULHER SE AGARRA EM TRONCO DE ÁRVORE PARA NÃO SE AFOGAR DURANTE ENCHENTE NO RIO SUL


Uma imagem impressionante e comovente tem repercutido nas redes sociais. Durante as enchentes que atingiram o município de Rio do Sul neste fim de semana, uma mulher foi forçada a se agarrar a um tronco de árvore para evitar ser arrastada pelas águas do rio Itajaí-Açu.

Segundo o Corpo de Bombeiros Militar, o incidente ocorreu na ponte do bairro Navegantes na madrugada deste domingo (19/5).

Para realizar o resgate, os bombeiros utilizaram um bote inflável, enfrentando as fortes correntezas. A mulher foi encontrada cerca de 100 metros rio abaixo, no bairro Rainha, já em uma área seca. Ela foi resgatada em segurança, trazendo alívio e emoção aos que acompanharam o drama.

Publicidade

MP DENUNCIA INFLUENCIADORA QUE ASSOCIOU TRAGÉDIA NO RS A ‘MACUMBA’



O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) denunciou uma mulher de 43 anos, moradora de Governador Valadares, por prática e incitação de intolerância religiosa. Nas redes sociais, ela associou a tragédia climática no Rio Grande do Sul ao culto de religiões de matriz africana.

A nota do MP não identifica a influenciadora, no entanto, as postagens dela viralizaram nas redes sociais. No Instagram, Michele Dias Abreu se descreve como cristã, mãe, esposa e empreendedora. Fontes confirmaram o nome ao Estadão. O perfil com mais de 30 mil seguidores está “fechado”. Isso significa que a influenciadora decidiu que apenas pessoas que a seguem podem ver suas publicações.

Como o perfil está fechado, a reportagem tentou buscar alguma outra forma de contatá-la, mas não foi possível. Também não foi identificada a defesa de Michele. Mas o Estadão está aberto a um posicionamento da influenciadora.

De acordo com o MP, em 5 de maio, ela publicou um vídeo no qual diz: “eu não sei se vocês sabem, mas o estado do Rio Grande do Sul é um dos estados com maior número de terreiros de macumba. Alguns profetas já estavam anunciando sobre algo que ia acontecer no Rio Grande do Sul, devido à ira de Deus mesmo”. O vídeo chegou a três milhões de visualizações.

Na denúncia, a promotora de Justiça Ana Bárbara Canedo Oliveira afirma que, como o perfil era público e tem milhares de seguidores, além de praticar o crime, a mulher também induziu outras milhares de pessoas à discriminação, ao preconceito e à intolerância contra as religiões de matriz africana.

Como medidas cautelares, a promotora de Justiça pede que a mulher fique proibida de ausentar-se do País sem autorização judicial e de fazer novas postagens sobre religiões de matriz africana ou com conteúdos falsos relacionados à tragédia no Rio Grande do Sul. Em caso de condenação a pena pode ser de dois a cinco anos de reclusão, além de multa.

Publicidade

VÍDEO: CAMINHÃO TOMBA, PEGA FOGO E INTERDITA BR-101 EM BAÍA FORMOSA



Um caminhão tombou e pegou fogo no km 176 da BR-101, em Baía Formosa, no litoral sul do RN. O acidente ocorreu na tarde deste domingo (19). Com o acidente, a via foi interditada.

A Polícia Rodoviária Federal informou que o caminhão carregava algodão e que tombou por volta das 14h40. No acidente, o veículo pegou fogo e gerou interdição completa do sentido decrescente da via (PB – RN). O Corpo de Bombeiros também está no local.

A PRF informou que existe um desvio no local, que só está sendo usado por veículos pequenos. O condutor do veículo foi socorrido por particulares que passavam no momento.

Publicidade

GENERAL GIRÃO ANUNCIA COLETIVA DE IMPRENSA PARA DIVULGAR DECISÃO SOBRE PLEITO MUNICIPAL DE 2024



O deputado federal General Girão convida a todos os profissionais de imprensa para uma coletiva de imprensa, na qual será anunciada sua decisão sobre a pré-candidatura à Prefeitura de Natal. Na oportunidade, serão divulgados detalhes importantes sobre o pleito municipal de 2024.

Data: 20 de maio (segunda-feira)  
Horário: 10h  
Local: Gabinete do deputado General Girão  
Endereço: Avenida Senador Salgado Filho, 1799 - Lagoa Nova

Publicidade

NÚMERO DE MORTOS NA TRAGÉDIA NO RS SOBE PARA 155; 94 PESSOAS ESTÃO DESAPARECIDAS



O número de mortos nas enchentes que atingem o Rio Grande do Sul subiu para 155, segundo balanço divulgado pela Defesa Civil estadual às 18h deste sábado (18). Outras 94 estão desaparecidas e 806 estão feridas.

Ainda conforme o balanço, 77.202 pessoas estão em abrigos e 540.188 estão desalojadas. No total, 461 municípios e 2.304.422 pessoas foram afetadas pela tragédia. Em relação aos resgates, 82.666 pessoas e 12.215 animais já foram resgatados pelas equipes.

Falta de água no Rio Grande do Sul

Duas das 67 estações da principal companhia de tratamento de água do Rio Grande Do Sul seguem fora de operação desde o início da enchente. Isso quer dizer que mais de 120 mil imóveis estão desabastecidos há quase 15 dias.

Ambas as estações com problemas ficam na Região Metropolitana de Porto Alegre. Uma fica em Canoas e a outra, em Esteio. As unidades de tratamento estão submersas e sem acesso por terra.

Ao todo, só na área de concessão da Corsan são oito cidades que ainda passam por dificuldade para terem acesso à água. Enquanto a situação não é regularizada, foram disponibilizados 85 reservatórios para a população coletar água. Outros 78 caminhões-pipa estão à disposição de abrigos e hospitais.

Band/Uol

Publicidade