IDOSA É RESGATADA NO RIO APÓS 72 ANOS EM SITUAÇÃO ANÁLOGA À ESCRAVIDÃO


Foto: Reprodução/TV Globo

Uma mulher que passou 72 anos em situação de exploração no Rio de Janeiro é o caso mais longo de situação análoga à escravidão registrado no Brasil, segundo o Ministério do Trabalho.

Segundo o órgão, a idosa passou a vida inteira trabalhando para a mesma família sem receber salários nem benefícios. O órgão alerta que casos como o dela, 134 anos após a Abolição da Escravatura, não são raros.

“Ela não tem a noção que ela foi escravizada. Ela não tem. Ela não tem noção alguma disso”, afirmou Cristiane Lessa, assistente social e diretora do centro de recepção de idosos onde a mulher está abrigada.

A idosa, que não teve a identidade revelada para preservá-la, está aos cuidados da Prefeitura do Rio desde 15 de março, quando foi resgatada. Ela não casou, não teve filhos e perdeu o contato com os familiares.

Quando a mulher foi resgatada, ela trabalhava como cuidadora da dona da casa e dormia em um sofá, na entrada do quarto principal. Uma denúncia levou o Ministério do Trabalho até a casa, na Zona Norte da capital fluminense.

“Essa senhora, que os empregadores alegam que é da família - e não é - ela fica absolutamente submissa. O empregador que fala por ela. Qualquer resposta que a gente solicita dela, é o empregador que responde. Os documentos dela não estão de posse dela mesma. O empregador que tem esses documentos”, contou Alexandre Lyra, auditor fiscal do trabalho.

Publicidade

ABASTECIMENTO DE ÁGUA É SUSPENSO EM PORTALEGRE

Foto: Igor Jácome/G1

O abastecimento de água na cidade de Portalegre, no Alto Oeste potiguar, foi suspenso nesta quinta (12). De acordo com a Caern, a suspensão se deu após a ação de vândalos em uma estação de bombeamento.

A Caern infoumou ainda que registrou um boletim de ocorrência e que a Polícia Civil esteve no local averiguando os danos causados.

A previsão é religar o sistema no final da tarde de sábado (14). Após religar são necessárias 72 horas para normalização do abastecimento na cidade.


Publicidade

APÓS DOIS ANOS, SÃO JOSÉ DE MIPIBU CONFIRMA O 32º SÃO JOÃO EM SÃO JOSÉ


Foto: Instagram

O Prefeito do município de São José de Mipibu, Zé Figueiredo (MDB), reuniu na noite da última quinta-feira(12), a mídia, empresários e comerciantes para anunciar o retorno do tradicional “São João em são José”,  maior festa junina do Agreste e Grande Natal.

O anúncio foi feito no salão de eventos do Shoping Popular, com música ao vivo e a presença do cantor potiguar Gianinni Alencar, que confirmou presdença na programação da festa.

Entusiasmado com o retorno do São João em São José, o Prefeito Zé Figueiredo inovou neste ano com um “arrastão” que vai acontecer no dia 18 de junho, saindo do conjunto habitacional Tancredo Neves até a praça de eventos, localizada no centro da cidade.

Zé Figueiredo disse que todo o esforço foi no sentido de oferecer uma programação a altura da festa que é tradição no município e região, destinando recursos que não impliquem no andamento da máquina pública. ”O nosso desejo, a nossa vontade é colocar no São João em São José, nomes de destaque nacional, além de promover os artistas da terra, porém a responsabilidade com o bom funcionamento da máquina pública nos limitou um pouco e, mesmo assim, teremos o maior e melhor São João da região”, ressaltou Zé Figueiredo.

A chefe de gabinete do município, Thaiane Varela, parabenizou os servidores municipais engajados direta e indiretamente na realização do 32º São João em São José, projeto que vai mais uma vez promover a cultura imaterial do povo mipbuense.

A secretária de Cultura Mariana Dantas falou da importância do evento para difundir os projetos culturais do município, como também agradeceu o empenho do Prefeito Zé Figueiredo, que de acordo com a secretária surpreendeu a comissão organizadora do evento dando carta branca para que o retorno do São João em São José seja mais um marco na atual administração.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Jota Veras, ressaltou a importância do evento para a economia do município e da região, dizendo que é chegado o momento de o poder público e a iniciativa privada caminharem juntos na construção de uma economia mais sólida.

Publicidade

FALTA DE MEDICAMENTOS NA UNICAT AFETA POPULAÇÃO, E DEPUTADA PEDE URGÊNCIA

Foto: José Aldenir

Pacientes que utilizam medicamentos de alto custo fornecidos pela Unidade Central de Agentes Terapêuticos (Unicat) do Rio Grande do Norte reclamam da falta dos remédios usados nos tratamentos médicos. Nesta quinta-feira 12, havia 4 fármacos distribuídos pelo sistema público de saúde indisponíveis, 40 em licitação, e 21 aguardando distribuição do Ministério da Saúde.

A deputada Cristiane Dantas (Solidariedade) solicitou prioridade no abastecimento. A deputada se pronunciou sobre o problema durante a sessão plenária desta quinta 12. “Estão faltando medicações de alto custo e nossa preocupação é com o sofrimento da população que precisa desses remédios para os seus tratamentos de saúde. Temos recebido diversas queixas de pessoas que precisam da medicação e que estão com muita dificuldade em receber”, disse a parlamentar.

A deputada citou o caso do remédio infliximabe, utilizado por pacientes com artrite reumatoide, além da insulina para diabéticos. “O remédio infliximabe está em falta há dois meses e esses pacientes têm dores intensas”, afirmou.

Cristiane Dantas também lamentou o fechamento do Hospital Ruy Pereira, que atendia pacientes vasculares “além disso faltam medicamentos para pacientes de psoríase, epilepsia e asma, por exemplo, e isso penaliza especialmente as pessoas de baixa renda que são o público da Unicat”.

Ao final do seu pronunciamento, a parlamentar solicitou à Secretaria Estadual de Saúde (Sesap) a previsão da disponibilidade dos medicamentos que estão em falta. “Faço esse apelo e cobrança à Sesap para que dê prioridade à reposição dessas medicações e que organize melhor o planejamento e aquisição para que não faltem mais esses remédios. A população está desassistida no básico que é obrigação do Estado”, finalizou.

Publicidade

DESEMPREGO FICA ESTÁVEL EM 25 ESTADOS E NO DF NO 1º TRIMESTRE


Foto: EDU GARCIA/R7

O desemprego no Brasil ficou estável em 25 estados e no Distrito Federal no primeiro trimestre de 2022, refletindo a estabilidade da taxa média nacional, que foi de 11,1%, segundo dados apresentados nesta sexta-feira (13) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

A única queda da desocupação no período ocorreu no Amapá (14,2%), como resultado 3,3 pontos percentuais inferior ao quarto trimestre de 2021, segundo a Pnad Contínua (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua). 

A coordenadora de Trabalho e Rendimento do IBGE, Adriana Beringuy, avalia que a queda da desocupação no Amapá ocorre com o aumento do número de pessoas ocupadas, mas a menor pressão das pessoas sem trabalho buscando ocupação no estado. "Houve uma queda de 7,3% no número de pessoas na força de trabalho e um aumento de 10,4% no contingente fora da força", explica ela.

De acordo com o estudo, todas as grandes regiões tiveram taxas de desocupação estáveis na comparação com o último trimestre do ano passado, sendo que o Nordeste (14,9%) se manteve com o maior índice ao longo de todos os trimestres analisados. Já a região Sul teve a menor, 6,5%.

Com estabilidade em quase todos os estados, as maiores taxas de desocupação foram as apuradas na Bahia (17,6%), em Pernambuco (17,0%) e no Rio de Janeiro (14,9%). As menores, por sua vez, são verificadas em Santa Catarina (4,5%), no Mato Grosso (5,3%) e no Mato Grosso do Sul (6,5%).

O número de pessoas ocupadas no país ficou em 95,3 milhões, composto por 67,1% de empregados, 4,3% de empregadores, 26,5% de pessoas que trabalharam por conta própria e 2,0% de trabalhadores familiares auxiliares.

Trabalho por conta própria

Os maiores percentuais de trabalhadores por conta própria foram do Amapá (35,9%), Amazonas (35,7%), Pará (34,6%) e Rondônia (32,4%), todos estados da região Norte do país. Também foi verificado no Pará o maior percentual de trabalhadores informais (62,9%). Norte e Nordeste concentram os maiores percentuais dessas categorias profissionais.

Por outro lado, as regiões Sudeste (69,7%) e Centro-Oeste (71%) apresentaram a maior participação da categorias dos empregados. Santa Catarina (88,2%) foi o estado com o maior percentual de trabalhadores com carteira assinada no setor privado. Já no Maranhão (47,3%), menos da metade dos trabalhadores tinha a carteira assinada.

Publicidade

BANCO CENTRAL VOLTA ATRÁS E RETIRA PEDIDO DE REAJUSTE DE 22% A SERVIDORES

Foto: Bruno Rocha/FotoArena/Estadão Conteúdo

Após ter encaminhado minuta de Medida Provisória (MP) ao Ministério da Economia para reestruturação da carreira de servidores da instituição, o Banco Central comunicou, nessa quinta-feira (12), que retirou o pedido do sistema, alegando “inconsistências no texto”.

“Banco Central detectou inconsistências no texto de minuta de Medida Provisória para a reestruturação das carreiras e a modernização da gestão de pessoas nesta autarquia. Por isso, fez sua retirada do Sistema de Geração e Tramitação de Documentos Oficiais do Governo Federal (Sidof)”, diz comunicado do entidade monetária.

O documento encaminhado previa reajuste salarial de 22% para analistas e técnicos do BC a partir de junho de 2022. A medida era a principal demanda da categoria, que retomou a greve geral no dia 3 de maio.

Na quarta-feira (4), o Banco Central anunciou que iria suspender, novamente, a divulgação de análises e indicadores econômicos devido à greve dos servidores da entidade.

CNN Brasil

Publicidade

PRESIDENTE DIZ QUE FORÇAS ARMADAS NÃO VÃO INTERFERIR NAS ELEIÇÕES


Foto: Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira (12), durante live nas redes sociais, que as Forças Armadas não vão interferir nas eleições. A declaração foi uma resposta ao presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Edson Fachin, que mais cedo criticou as tentativas de se desacreditar o sistema eleitoral brasileiro. 

"Eu não sei de onde ele [Fachin] está tirando esse fantasma que as Forças Armadas querem interferir na Justiça Eleitoral. Não existe interferência, ninguém quer impor nada, ninguém quer atacar as urnas, atacar a Democracia, nada disso. Ninguém está incorrendo em atos antidemocráticos. Pelo amor de Deus! A transparência das eleições, eleições limpas, transparente, é questão de segurança nacional", afirmou.

Horas antes, durante uma visita à sala do TSE onde estão sendo realizados testes de segurança nas urnas eletrônicas, o ministro Edson Fachin criticou as tentativas de se levantar suspeitas sobre as urnas eletrônicas.

"Quem trata de eleição são forças desarmadas e, portanto, dizem respeito à população civil, que de maneira livre e consciente escolhe seus representantes. Logo, diálogo sim, colaboração sim, mas a palavra final é da Justiça Eleitoral", disse Fachin.

As Forças Armadas compõem, desde o ano passado, a Comissão de Transparência Eleitoral (CTE), criada pelo próprio TSE, envolvendo diferentes órgãos. O objetivo foi dar ainda mais transparência ao processo eleitoral. Militares fizeram uma série de sugestões à Corte sobre o processo eleitoral, sendo que algumas acatadas e outras não foram incorporadas pela área técnica do tribunal.

"Vamos ter, dia 2 de outubro — o Brasil terá —, eleições limpas, seguras, com paz e segurança. Ninguém e nada interferirá na Justiça Eleitoral. Não admitimos qualquer circunstância que impeça o brasileiro de se manifestar", afirmou Fachin

Publicidade

POLÍCIA MILITAR RECUPERA QUASE 2 MIL METROS DE TRILHOS DE TREM FURTADOS NA GRANDE NATAL

Foto: PM

A Polícia Militar recuperou cerca de 1.914 metros trilhos de trem furtados, na quinta-feira 11, em Equador, na Região do Seridó do RN. O material foi encontrado em três caminhões na Zona Rural do município. Ao chegar no local, nenhum dos bandidos foram vistos, possivelmente eles fugiram.

O material encontrado é de origem do bairro Cajupiranga, em Parnamirim, na Região Metropolitana de Natal. Ao chegar no Sítio Fronteira, já nas proximidades da divisa com a Paraíba, os militares visualizaram veículos suspeitos e foram investigar a situação.

Os policiais constataram que um dos caminhões já estava descarregado e dois com as caçambas cheias de ferragens. Nenhuma pessoa estava próxima do local.

Diante do caso, os policiais militares apreenderam o material dos veículos e repassou as informações a Polícia Federal, que dará andamento as investigações. A ação foi conduzida pela 2ª Companhia do 13º Batalhão, através do destacamento de Equador.

Publicidade

ATENTADO A TIROS EM BAR DEIXA UM MORTO E DOIS FERIDOS EM NATAL


Foto: Reginaldo Hollanda/TV Tropical

Um atentado a tiros foi registrado, na noite da última quinta-feira (12), em um bar do bairro Nordeste, zona oeste de Natal. Um homem de 26 anos não resistiu aos ferimentos e morreu no local. Outras duas pessoas ficaram feridas e foram socorridas para uma unidade hospitalar. 

De acordo com as informações coletadas pela reportagem da TV Tropical, o homem que veio a óbito foi identificado como Igor Barroso Tinoco. Ele estava em uma mesa de bar, ao lado das outras duas pessoas, quando foi surpreendido por um carro de cor branca, de onde partiram os disparos de arma de fogo. Ele foi atingido por pelo menos quatro tiros e morreu na hora. 

As outras duas pessoas também foram atingidas pelos disparos. Elas foram socorridas, com vida, para uma unidade hospitalar. Ainda não há informações atualizadas sobre o estado de saúde delas nem sobre a identificação dessas pessoas. 

Segundo informações extraoficiais repassadas pela Polícia  Militar, há a suspeita de que Igor Barroso Tinoco “seria membro de uma torcida organizada e poderia estar envolvido com o tráfico de drogas”

O Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep-RN) para fazer o recolhimento do corpo e também a perícia do material encontrado no local do crime. O caso deve ser investigado pela Polícia Civil. Segundo o delegado Marcos Vinícius, as imagens de câmeras de segurança na rua, bem como o depoimento de testemunhas podem ajudar a elucidar o homicídio e as tentativas de homicídio. 

Publicidade

PM PRENDE FORAGIDO APONTADO COMO CHEFE DE QUADRILHA QUE EXPLODIA BANCOS NO RN E PB


Foto: PM/Cedida

A Polícia Militar do Rio Grande Norte capturou na última quinta-feira (12), na região metropolitana de Natal, um homem apontado como líder de uma quadrilha criminosa que praticava roubos e explosões em agências bancárias no interior do Rio Grande do Norte e da Paraíba.

Policiais militares do III Comando de Policiamento Regional (CPR-III) prenderam o suspeito na cidade de Ceará-Mirim, onde estaria "escondido há anos".

Contra ele, havia um mandado de prisão expedido pela 1ª Vara Criminal de Campina Grande (PB).

O chefe

De acordo com a polícia, o homem era conhecido como "Chefe" e liderava a organização criminosa que foi alvo da Polícia Civil paraibana na Operação Metalon, realizada em 2018, onde foram apreendidos vários materiais que seriam provas dos ataques a bancos.

Publicidade