BANCO CENTRAL ATUALIZA PARA R$ 7,7 BILHÕES VALOR ESQUECIDO PELOS BRASILEIROS; SAIBA COMO CONSULTAR



O total de dinheiro esquecido em instituições financeiras e bancos chegou a R$ 7,78 bilhões em fevereiro. Os dados são atualizados mensalmente pelo SVR (Sistema de Valores a Receber), do Banco Central. Em janeiro, esse valor era de R$ 7,97 bilhões. Até o momento, a plataforma devolveu R$ 6,23 bilhões, de um total de R$ 14,02 bilhões postos à disposição pelas instituições financeiras.

Para fazer a consulta e saber como solicitar a devolução dos valores, é só acessar o site do SVR.

Em relação ao número de beneficiários, até o fim de fevereiro, 19.037.033 correntistas haviam resgatado valores. Isso representa apenas 30,19% do total de 63.064.184 correntistas incluídos na lista desde o início do programa, em fevereiro de 2022.

Entre os que já retiraram valores, 18.044.139 são pessoas físicas e 992.894 são pessoas jurídicas. Entre os que ainda não fizeram o resgate, 40.853.231 são pessoas físicas e 3.173.920 são pessoas jurídicas.

A maior parte das pessoas e empresas que ainda não fizeram o saque têm direito a pequenas quantias. Os valores a receber de até R$ 10 concentram 63,48% dos beneficiários. Os valores entre R$ 10,01 e R$ 100 correspondem a 25,14% dos correntistas. As quantias entre R$ 100,01 e R$ 1 mil representam 9,65% dos clientes. Só 1,72% tem direito a receber mais de R$ 1 mil.

Depois de ficar fora do ar por quase um ano, o SVR foi reaberto em março de 2023, com novas fontes de recursos, um novo sistema de agendamento e a possibilidade de resgate de valores de pessoas falecidas. Em fevereiro, foram retirados R$ 215 milhões, queda em relação ao mês anterior, quando tinham sido resgatados R$ 244 milhões.

Golpes
O Banco Central aconselha o correntista a ter cuidado com golpes de estelionatários que alegam fazer a intermediação para supostos resgates de valores esquecidos. O órgão ressalta que todos os serviços do Valores a Receber são totalmente gratuitos, que não envia links nem entra em contato para tratar sobre valores a receber ou para confirmar dados pessoais.

O BC também esclarece que apenas a instituição financeira que aparece na consulta do Sistema de Valores a Receber pode contatar o cidadão. O órgão também pede que nenhum cidadão forneça senhas e esclarece que ninguém está autorizado a fazer tal tipo de pedido.

Publicidade

Compartilhe

Veja Mais

A DEZ DIAS DO FIM DO PRAZO, MAIS DE 140 MIL POTIGUARES AINDA NÃO DECLARARAM O IMPOSTO DE RENDA
MERCOSUL AUMENTOU O PREÇO DO ARROZ EM ATÉ 30% APÓS BRASIL ANUNCIAR LEILÃO PARA COMPRAR O CEREAL, DIZ MINISTRO DA AGRICULTURA
IMPOSTO SELETIVO APROVADO NA REFORMA TRIBUTÁRIA SERÁ TEMA NO 8º CONGRESSO LUSO-BRASILEIRO DE AUDITORES FISCAIS, EM NATAL
SÃO JOSÉ DE MIPIBU FOI A 4ª CIDADE DO RIO GRANDE DO NORTE QUE MAIS GEROU EMPREGOS EM 2024
MAIS UMA VEZ, CEARÁ-MIRIM ANTECIPA PAGAMENTO DE SALÁRIOS DE SERVIDORES

Comentários (0)

Deixe seu comentário