DIABÃO NO DOCUMENTO: TATUADOR COM RECORDE NO GUINNESS MUDA DE NOME PORQUE 'JÁ NÃO ERA MAIS A MESMA PESSOA'



Oficialmente Diabão. O tatuador brasileiro que está no Guinness por conta de modificações corporais, adotou como nome o que era 'apelido'. Ele afirmou ter realizado um sonho com a nova identidade: "Percebi que já não era mais a mesma pessoa". Com a decisão, o nome Michel Praddo, como foi registrado ao nascer, ficou no passado.

O morador de Praia Grande, no litoral de São Paulo, explicou que a ideia de mudar de nome surgiu há aproximadamente dois anos, após dezenas de modificações corporais e a popularização do 'apelido'. O tatuador disse que, desde então, buscou na Justiça formas de realizar o desejo pessoal.

"Comecei a minha modificação interna primeiro do que a externa", explicou ele. "Foi uma realização muito grande, pois realmente não me vejo mais como Michel, mas totalmente como o Diabão, que, inclusive, é uma pessoa altamente cristã".

Visual e fé
Diabão ressaltou que, apesar do visual 'sinistro', não se submete às modificações corporais com o intuito de parecer uma figura maligna. Cristão, ele acredita que o 'Diabo' não possui a imagem caricata e reproduzida popularmente com chifres e garras, mas sim um visual considerado 'bonito'.

"As pessoas têm essa ideia porque veem a minha modificação dentro do 'sinistro', que é algo que me atrai. Alguns acreditam que quero parecer com o 'Diabo' ou que tenha uma religiosidade satânica, mas é o contrário disso", afirmou.

Michel e Diabão
Por fim, o tatuador afirmou que a mudança de nome conclui uma fase na vida dele. O apelido 'Diabão', adotado há anos após sofrer preconceito nas ruas por conta de tatuagens e piercings, conduziu uma etapa de mudanças de hábitos e atitudes.

"O Michel foi uma pessoa que abandonou o pai no hospital até a morte, e então aprendi que existe uma dor maior do que a saudade, que é o remorso. Já o Diabão é a pessoa que cuidou de uma vizinha, uma senhorinha que no início demonstrava medo, mas depois se tornou minha 'vozinha'", disse.

Diabão complementou dizendo que, hoje, sente-se completo com a própria identidade. "Aprendi muito com quem eu era e realmente me tornei uma outra pessoa", finalizou.

O que diz a lei?
A lei federal 14.382/22 facilitou a mudança do primeiro nome sem necessidade de justificativa. Apesar da diminuição nas restrições, a alteração do primeiro nome só pode ser feita uma vez. Para desfazê-la, é necessária uma ação judicial.

Para solicitar a mudança, é preciso ir presencialmente a um Cartório de Registro Civil. O interessado precisa ser maior de 18 anos, levar os documentos pessoais (RG e CPF), e pagar a taxa.

Quem é o 'Diabão' e a 'Mulher Demônia'
Diabão tem quase todo o corpo tatuado e várias modificações, incluindo chifres implantados na testa. Ele é casado com a modificadora corporal Carol Praddo, conhecida como Mulher Demônia.

Os dois estão juntos há mais de dez anos, e passaram a fazer modificações mais extremas há quatro. As mudanças começaram com o Diabão, mas Carol entrou na onda pouco tempo depois.

Segundo o tatuador, que tem mais de 80% do corpo tatuado, já foram feitos mais de 60 procedimentos de modificações corporais. Em 2023, ele realizou o sonho de entrar para o 'Guinness' como o homem com o maior número de implantes na cabeça.

Veja, abaixo, as principais modificações corporais de 'Diabão':
- Implantes de silicone
- Escarnificações (técnica de modificação corporal que consiste em cortes superficiais na pele)
- Implantes transdermais
- Uma remoção do nariz
- Uma remoção da orelha
- Uma remoção do mamilo
- Uma remoção do dedo anelar
- Junção do dedo médio com o indicador
- Uma remoção do umbigo
- Uma eyeball tattoo (tatuagem no olho)
- Língua bifurcada
- Língua tatuada
- Uma bifurcação das laterais da boca
- Um implante dentário cromo
- Uma lipoaspiração
- Uma abdominoplastia

Publicidade

Compartilhe

Veja Mais

GOOGLE DEMITE FUNCIONÁRIOS QUE PARTICIPARAM DE PROTESTO
DEPUTADA ENCONTRA CÂMERAS ESCONDIDAS EM QUARTO DE HOTEL EM BRASÍLIA
3R REALIZA TERCEIRO AUMENTO CONSECUTIVO E GASOLINA TEM ACRÉSCIMO DE R$0,05 NO RN
ALERTA AOS MOTORISTAS: NOVO IMPOSTO OBRIGATÓRIO PODERÁ RESULTAR EM MULTA E PERDA DE PONTOS DA CNH
BRASIL REGISTROU MÉDIA DE 495 OCORRÊNCIAS DE TRÁFICO DE DROGAS POR DIA EM 2023

Comentários (0)

Deixe seu comentário