JIPEIRO É CONDENADO A 49 ANOS DE PRISÃO POR MATAR AMIGO EM CONFRATERNIZAÇÃO NA GRANDE NATAL




O jipeiro Ailton Berto da Silva foi condenado a 49 anos e 6 meses de prisão em regime fechado por ter matado a tiros o amigo Fantone Henry Filgueira Maia (foto acima), de 41 anos, em uma confraternização na praia de Santa Rita, no município de Extremoz, na Grande Natal. O crime aconteceu no dia 30 de novembro de 2019.

O julgamento acabou na noite desta quarta-feira (25) após três dias de duração. Ao todo, 33 pessoas foram ouvidas em juízo.

Segundo as investigações, durante uma confraternização de um clube de trilhas de veículos 4x4, Ailton Berto teria sacado uma pistola e atirado várias vezes, atingindo Fantone Henry e mais duas pessoas que estavam no local. Logo após o crime, ele fugiu e foi considerado foragido.

Três dias depois do homicídio, durante tentativa do cumprimento de mandado, os policiais apreenderam o carro usado por ele em uma granja de Extremoz.

G1 RN

Publicidade

Compartilhe

Veja Mais

PM À PAISANA AGRIDE MULHERES E É DETIDO EM PIRANGI
ADOLESCENTE DE 14 ANOS DIZ À POLÍCIA QUE MATOU MENINO DE 5 ANOS A PEDRADAS APÓS SER CHAMADA DE 'SAPATÃO'
ATAQUE A TIROS EM CARAÚBAS DEIXA UM MORTO E 3 BALEADOS, INCLUINDO CRIANÇA DE 4 ANOS
CRIMINOSOS RENDEM COMERCIANTE EM PARNAMIRIM E LEVAM R$ 10 MIL EM MERCADORIAS
CORPO DE HOMEM CARBONIZADO É ENCONTRADO NO INTERIOR DO RN

Comentários (0)

Deixe seu comentário