JUSTIÇA CONDENA NILDA POR PROPAGANDA ELEITORAL ANTECIPADA EM PARNAMIRIM



A pré-candidata Raimunda Nilda (Solidariedade) foi condenada pela Justiça por propaganda eleitoral antecipada em Parnamirim. A Decisão foi proferida nesta quinta-feira (13), pela juíza Ilná Rosado Motta, da 50ª Zona Eleitoral, em ação movida pelo Partido Liberal.

Na decisão, a magistrada aplicou multa no valor de R$ 10 mil em razão da pré-candidata ter utilizado carros de som e realizado eventos em locais abertos ao público, em flagrante desrespeito à legislação eleitoral que só permite reuniões antes do período eleitoral em ambientes fechados, sem acesso ao público em geral.

Publicidade

Compartilhe

Veja Mais

JUIZ DETERMINA QUE IDEMA CONCEDA LICENÇA DE INSTALAÇÃO PARA ENGORDA DE PONTA NEGRA IMEDIATAMENTE E DIZ QUE SITUAÇÃO É HUMILHANTE
JUSTIÇA MANTÉM BENEFÍCIO DAS SAIDINHAS PARA PRESOS DO DF
[VÍDEO] ADVOGADO DÁ VOZ DE PRISÃO A JUÍZA DURANTE AUDIÊNCIA NA JUSTIÇA DO TRABALHO
LAGOA DE PEDRAS: EX-PREFEITO RANIERE AMANCIO TEM CONTAS REPROVADAS PELO TCE/RN E PODERÁ FICAR INELEGÍVEL
CNJ PEDE EXPLICAÇÕES A JUÍZA DE GOIÁS QUE IMPEDIU QUE MENINA DE 13 ANOS GRÁVIDA APÓS ESTUPRO REALIZASSE ABORTO LEGAL

Comentários (0)

Deixe seu comentário