MALAWI CONFIRMA MORTE DE VICE-PRESIDENTE APÓS DESAPARECIMENTO DE AVIÃO



O vice-presidente do Malawi, Saulos Klaus Chilima, e outras nove pessoas a bordo de um avião militar desaparecido morreram, disse o presidente Lazarus Chakwera nesta terça-feira (11).

A aeronave que transportava Chilima, de 51 anos, deixou a capital Lilongwe na manhã segunda-feira, mas não conseguiu aterrissou no aeroporto de Mzuzu, como previsto, devido à fraca visibilidade.

Recebeu ordem de retornar à capital, mas saiu do radar e as autoridades não conseguiram entrar em contato com ele.

Estou profundamente triste, lamento informar a todos que se tornou uma terrível tragédia. A equipe de busca e resgate encontrou a aeronave perto de uma colina… eles a encontraram completamente destruída e sem sobreviventes”, disse Chakwera.

Chakwera disse num discurso à nação que o local do acidente foi numa parte montanhosa da Floresta Chikangawa.

Chilima, visto como potencial candidato às eleições presidenciais do próximo ano, foi preso em 2022 por acusações de corrupção.

No entanto, um tribunal do Malawi retirou as acusações contra ele no mês passado, depois de o diretor do Ministério Público ter apresentado uma notificação para que o caso fosse arquivado. Chilima negou qualquer irregularidade.

Publicidade

Compartilhe

Veja Mais

HOMEM COM FUZIL AK-47 E MÁSCARA DE ESQUI É PRESO PERTO DE CONVENÇÃO REPUBLICANA NOS EUA
HOMEM QUE FOI MORTO NA PLATEIA EM ATENTADO CONTRA TRUMP ERA BOMBEIRO E SE JOGOU SOBRE A MULHER E A FILHA PARA PROTEGÊ-LAS DOS TIROS
COREIA DO SUL PRODUZIRÁ EM MASSA LASERS QUE PODEM DERRUBAR DRONES A R$ 8
[VÍDEO] BURACO GIGANTE SE ABRE REPENTINAMENTE EM CAMPO DE FUTEBOL NOS EUA
DEBATE CAUSA PÂNICO E ABRE CRISE NO PARTIDO DEMOCRATA, QUE AVENTA POSSIBILIDADE DE TROCAR DE CANDIDATO

Comentários (0)

Deixe seu comentário