MPRN RECOMENDA ADEQUAÇÕES URGENTES NO MERCADO PÚBLICO DE PENDÊNCIAS



Após inspeção técnica realizada no Mercado Público Municipal de Pendências, o Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) emitiu uma recomendação à Prefeitura da cidade para que realize adequações emergenciais no local. O documento, embasado em parecer técnico e no termo de inspeção, destaca uma série de medidas a serem adotadas visando a segurança e a salubridade.

Dentre as providências recomendadas, destaca-se a aquisição e a instalação de torneiras para as pias que se encontravam sem o referido instrumento, além da notificação dos responsáveis pelos boxes sobre a necessidade de conservação do ambiente. Também é exigida a manutenção da calha de drenagem de águas pluviais, tanto interna quanto externamente ao imóvel, bem como a resolução de problemas relacionados a possíveis esgotos a céu aberto detectados durante a inspeção.

O MPRN recomendou ainda a substituição das mesas de madeira utilizadas por comerciantes de carnes e peixes por mesas de inox, de acordo com normas técnicas, e a substituição de freezers cobertos de ferrugem por equipamentos mais adequados à salubridade do local.

A Prefeitura Municipal de Pendências tem prazo determinado para cumprir as exigências que variam de 30 a 75 dias, conforme cada medida. Além disso, a gestão deverá enviar um relatório circunstanciado ao Ministério Público informando o cumprimento das exigências ou apresentando justificativas caso não sejam atendidas dentro dos prazos estabelecidos. O Ministério Público destaca que o não cumprimento das medidas recomendadas acarretará na adoção de demanda judicial em desfavor dos responsáveis, podendo incluir a execução de termo de ajustamento de conduta já celebrado com o Município de Pendências.

Publicidade

Compartilhe

Veja Mais

JUSTIÇA CONDENA LATAM A INDENIZAÇÃO DE R$ 30 MIL POR MORTE DE PET
ESCÂNDALO EM CARNAUBAIS: JUSTIÇA DETERMINA SUSPENSÃO DE PAGAMENTOS A ESCRITÓRIO DE ADVOCACIA QUE NÃO PRESTOU NENHUM SERVIÇO JURÍDICO EM CONTRATO DE R$ 800 MIL COM PREFEITURA
JUSTIÇA CONDENA NILDA POR PROPAGANDA ELEITORAL ANTECIPADA EM PARNAMIRIM
JUSTIÇA FEDERAL DO RN CONSIDERA INCONSTITUCIONAL TAXA DE USO DE TERRENOS DE MARINHA
[VÍDEO] ACUSADO INJUSTAMENTE DE HOMICÍDIO CHORA APÓS SER ABSOLVIDO

Comentários (0)

Deixe seu comentário