OPERAÇÃO BUSCA PROVAS SOBRE MORTE DO PREFEITO DE SÃO JOSÉ DE CAMPESTRE




O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) deflagrou nesta quarta-feira (21) uma operação com o objetivo de cumprir mandados de busca e apreensão para encontrar provas subtraídas e que podem contribuir para a investigação do assassinato de Joseilson Borges da Costa, conhecido como “Nenem Borges”, prefeito de São José de Campestre. Ele foi morto a tiros no dia 18 de abril do ano passado dentro da própria residência, em um crime com características de execução sumária.

De acordo com o MPRN, as medidas da ação são fundamentais na colheita de elementos que possam auxiliar nas provas de motivações envolvendo o homicídio do prefeito, especialmente em razão da subtração de provas ocorridas que configuram, em tese, crimes de coação no curso do processo, falso testemunho e fraude processual.

A operação cumpriu quatro mandados de busca e apreensão e contou com o apoio da Polícia Militar. Ao todo, cinco promotores de Justiça, nove servidores do MPRN e 24 policiais militares participaram da ação.

Foto: Reprodução


Publicidade

Compartilhe

Veja Mais

BANDIDOS FURTAM CONTROLADOR DE SEMÁFORO EM NATAL
PF INVESTIGA DESMATAMENTO EM ÁREA DE PROTEÇÃO AMBIENTAL EM ESPÍRITO SANTO, INTERIOR DO RN
APÓS VÍDEO VIRALIZAR, POLÍCIA CIVIL NEGA QUE INVADIU CASA ERRADA EM GO
PITBULL MATA TUTOR EM 9 DIAS APÓS ESCRITORA SER ATACADA POR CÃES DA MESMA RAÇA
SUSPEITO DE CEGAR PESSOA COM TIRO NO INTERIOR DO RN É PRESO EM JOÃO PESSOA

Comentários (0)

Deixe seu comentário