PARNAMIRIM AMPLIA SERVIÇO ESPECIALIZADO PARA TRATAMENTO DE PESSOAS COM HIV E OUTRAS DOENÇAS INFECCIOSAS


A Prefeitura de Parnamirim está ampliando o serviço especializado em tratamento de pessoas com HIV (AIDS) e outras doenças infecciosas. Por meio do SAE – Serviço de Atendimento Especializado, o município aumentou o número de infectologistas e demais profissionais multidisciplinares que atuam na área, implantou a gratificação por produtividade médica e se prepara para lançar o Programa Municipal de Atenção às Profilaxias – Promap, que visa a integração de pacientes em toda rede municipal de atenção à saúde.

Atualmente, o SAE, que funciona na Rua Suboficial Farias, 23, Bairro Monte Castelo, já atende mais de 1.270 pacientes em tratamento direto de HIV, Sífilis, Hepatites Virais, Tuberculose e outras infecções, como Esporotricose (fungo transmitido pelos felinos). 

O serviço oferece consultas com 3 infectologistas, exames, distribuição de medicação de uso contínuo, profilaxia para companheiros ou parceiros sexuais não contaminados, acompanhamento psicológico para pacientes e familiares, acompanhamento nutricional, tratamento odontológico, entrega de formulas lácteas para bebês filhos de mães soropositivos e entrega de preservativos e lubrificantes, entre outros.

“Nosso SAE funciona com demanda de porta aberta para as infecções, onde qualquer cidadão de Parnamirim pode ser atendido e fazer seu teste rápido e já ser direcionado para o atendimento necessário. Antes, muita gente buscava atendimento no Hospital de Referência Giselda Trigueiro, em Natal. Agora, nossa população tem todo o suporte necessário aqui mesmo na nossa rede, sem precisar sair de Parnamirim. Estamos, inclusive, recebendo agora, no início de dezembro, em Brasília, uma premiação do Ministério da Saúde pelo avanço nessa área”, destaca o prefeito Rosano Taveira.

Além do SAE, a população de Parnamirim conta com a testagem rápida para HIV e demais doenças infecciosas disponíveis em todas as unidades de saúde. Bem como a distribuição de preservativos (masculino e feminino) e lubrificantes também nas UBSs.


Publicidade

Compartilhe

Veja Mais

PARNAMIRIM INICIA VACINAÇÃO DE CRIANÇAS CONTRA DENGUE
DENGUE: CASOS SOBEM MAIS DE 300% EM 2024. PICO AINDA VIRÁ, DIZ SAÚDE
UNIDADE SAÚDE VALE DO SOL PREPARA RECEPÇÃO CARNAVALESCA PARA IDOSOS ATENDIDOS EM 2024
MORTES POR DENGUE CHEGAM A 113 NO PAÍS; 438 ÓBITOS SÃO INVESTIGADOS
ÉTICA: NÃO TEM LIMITES PARA COOPEMED

Comentários (0)

Deixe seu comentário