REUNIÃO COM GOVERNO TERMINA SEM DEFINIÇÕES E POLICIAIS CIVIS SUSPENDEM DIÁRIAS OPERACIONAIS NO RN



Foto: Magnus Nascimento

A reunião entre representantes dos policiais civis do Rio Grande do Norte e o secretário estadual de Administração, Pedro Lopes, terminou sem uma definição em torno da pauta de recomposição salarial da categoria. Por causa disso, os agentes decidiram antecipar a recomendação do Sinpol/RN, sindicato que representa os agentes, e paralisar o trabalho sob regime das diárias operacionais. A orientação do Sinpol, até então, era de que os policiais suspendessem as diárias apenas durante o Carnaval.

Nesta quarta-feira (7) pela manhã, a categoria se reuniu em frente à Secretaria Estadual de Administração (Sead) em um ato para reivindicar atualização salarial e pedir a nomeação dos aprovados no último concurso. As perdas em torno do salário podem chegar a até 45% nos últimos cinco anos, em decorrência da inflação registrada no período. “No regime de diárias operacionais, o agente trabalha seis horas para ganhar R$ 100”, explicou Nilton Arruda, presidente do Sinpol.

De acordo como sindicato, muitas unidades da Polícia Civil só funcionam por conta das diárias. A ideia de antecipar a suspensão é pressionar o Governo do Estado por uma resposta sobre a pauta salarial até sexta-feira (9). Por enquanto, segundo o Sinpol, uma nova reunião foi agendada pela Sead para o dia 7 de março, com vistas a tratativas em torno do assunto. A TRIBUNA DO NORTE procurou a Secretaria, mas a pasta disse que não comentaria o assunto.


Publicidade

Compartilhe

Veja Mais

GOOGLE DEMITE FUNCIONÁRIOS QUE PARTICIPARAM DE PROTESTO
DEPUTADA ENCONTRA CÂMERAS ESCONDIDAS EM QUARTO DE HOTEL EM BRASÍLIA
3R REALIZA TERCEIRO AUMENTO CONSECUTIVO E GASOLINA TEM ACRÉSCIMO DE R$0,05 NO RN
ALERTA AOS MOTORISTAS: NOVO IMPOSTO OBRIGATÓRIO PODERÁ RESULTAR EM MULTA E PERDA DE PONTOS DA CNH
BRASIL REGISTROU MÉDIA DE 495 OCORRÊNCIAS DE TRÁFICO DE DROGAS POR DIA EM 2023

Comentários (0)

Deixe seu comentário