STF COMEÇA A JULGAR NESTA QUARTA LEI QUE PERMITE CONTRATAR PARENTE DE AUTORIDADE PARA CARGO POLÍTICO



O STF (Supremo Tribunal Federal) deve começar a julgar nesta quarta-feira (17) a validade de uma lei do município de Tupã (SP) sobre a contratação de parentes de autoridades em cargos políticos na administração pública. A norma prevê a possibilidade de nomeação de cônjuge, companheiro ou parente, em linha reta colateral ou por afinidade, até o terceiro grau, inclusive, da autoridade nomeante, para o exercício. O Supremo já decidiu pela proibição de nepotismo em cargos públicos.

No caso de agora, o Ministério Público de São Paulo apresentou uma ação no Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) para questionar a lei municipal. O TJ-SP fixou que a ressalva prevista na norma afrontaria a decisão do STF. Os recorrentes (entre eles, o Município de Tupã) argumentam que o entendimento adotado no acórdão do TJ-SP para declarar a inconstitucionalidade da expressão “exceto para cargo de agente político de secretário municipal”.

Publicidade

Compartilhe

Veja Mais

PROJETO DE STYVENSON DE CASTRAÇÃO QUÍMICA PARA PRESOS POR CRIMES SEXUAIS É APROVADO NA COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA
PROMULHER INAUGURA ESPAÇO DE APOIO ÀS VÍTIMAS DE VIOLÊNCIA DOMÉSTICA
NÍVEL DO LAGO GUAÍBA FICA ABAIXO DOS 4 METROS PELA PRIMEIRA VEZ EM 20 DIAS
VEJA QUEM É O PASTOR QUE FAZIA UNÇÃO DA SACANAGEM E PRATICAVA RELAÇÕES SEXUAIS COM FIÉIS
PREFEITO DE SÃO TOMÉ, BABÁ PEREIRA, PARTICIPA DA XXV EDIÇÃO DA MARCHA EM DEFESA DOS MUNICÍPIOS

Comentários (0)

Deixe seu comentário