VÍDEO: ‘DEUS NÃO ME CHAMOU PRA SER AGREDIDA’, DIZ SARA MARIANO AO MARIDO ASSASSINO EM PODCAST



Em um vídeo que começou a circular nas redes sociais neste domingo (29), a cantora gospel Sara Mariano conversa com o marido, o pastor Ederlan Mariano, sobre violência doméstica. Sara foi morta na última semana. Ederlan confessou o crime a polícia.

No vídeo, Ederlan pergunta para Sara o que ela acha do homem que agride a mulher. “Quando ele bate na mulher, a senhora aconselharia as mulheres que estão assistindo esse podcast, a senhora aconselharia que, se o marido xingou, ou botou dedo na cara, ameaçou, espanca ela, não deixa ela sair de casa, amarra ela, bate, a senhora aconselha ela a quê? Vai para o joelho, minha filha”, questiona ele. Sara, não hesita e responde que é “radical” que “quando o cara bate é 190”, ele, tentando interromper, sugere “oração no monte” e ela responde que é “um monte de viatura na porta pra pegar ele!”.

A cantora se mostra indignada com o rumo da conversa e chega a dizer que se fosse aconselhada a “orar” diante de uma agressão, ela ligaria para a polícia. “Se o pastor mandar orar, com meu marido me espancando, eu vou ligar para o 190 e vou mandar o pastor ir junto!”, responde. “Deus não me chamou para ser agredida”, completa.

Nunca se cale, denuncie 180. Informações do Grupo Cidadão

Fonte: Blog de Daltro Emerenciano


Publicidade

Compartilhe

Veja Mais

PM À PAISANA AGRIDE MULHERES E É DETIDO EM PIRANGI
ADOLESCENTE DE 14 ANOS DIZ À POLÍCIA QUE MATOU MENINO DE 5 ANOS A PEDRADAS APÓS SER CHAMADA DE 'SAPATÃO'
ATAQUE A TIROS EM CARAÚBAS DEIXA UM MORTO E 3 BALEADOS, INCLUINDO CRIANÇA DE 4 ANOS
CRIMINOSOS RENDEM COMERCIANTE EM PARNAMIRIM E LEVAM R$ 10 MIL EM MERCADORIAS
CORPO DE HOMEM CARBONIZADO É ENCONTRADO NO INTERIOR DO RN

Comentários (0)

Deixe seu comentário