VÍDEO: MÃE SE DESESPERA AO VER FILHA PERDENDO PROVA DO ENEM; ELAS FORAM EMBORA ABRAÇADAS E CHORANDO



A mãe de uma candidata do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) chorou ao ver sua filha perder a primeira aplicação da prova nesse domingo (5), em Cuiabá. A estudante chegou à Universidade de Cuiabá (Unic) atrasada, vendo cinco anos de estudos se dissiparem diante de seus olhos.

A mãe se desesperou ao chegar na Universidade com a filha e encontrar o portão fechado. O vídeo mostra a filha tentando consolar a mãe.

Nas imagens, é possível ver a mulher ajoelhada em frente ao portão, que está fechado, enquanto implora para que deixem a filha dela entrar para fazer a prova. Em seguida, ela se levanta chorando e abraça a jovem.

“Pelo amor de Deus, são só cinco minutos. Minha filha está tentando há cinco anos. Ai senhor”, diz a mulher chorando.

Pessoas que estavam no local também começaram a pedir para que abrissem os portões e deixassem a estudante fazer a prova.

“Ajuda moço, por favor. O que custa abrir o portão para essa mãe desesperada. Nossos filhos sofrem fazendo curso, que isso”, pediu uma mãe que também estava no local.

Mãe e filha foram embora abraçadas e chorando.

Os portões para a realização do primeiro dia do Enem fecharam às 12h em Mato Grosso, neste domingo (5). No estado, os portões abriram às 11h.

O Enem será realizado nos dias 5 e 12 de novembro. O resultado da prova é utilizado no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), para a seleção de vagas no ensino superior público e também em instituições privadas pelo Programa Universidade para Todos (ProUni). Informações G1/MG/Centro América.

Blog de Daltro Emerenciano

Publicidade

Compartilhe

Veja Mais

ABERTO PRAZO PARA TRANSFERÊNCIA TEMPORÁRIA DE LOCAL DE VOTAÇÃO
[VÍDEO] CASAL É FILMADO IMITANDO MACACO EM RODA DE SAMBA NO RIO
BC DEFINE QUE PIX AUTOMÁTICO SERÁ LANÇADO EM JUNHO DE 2025
[VÍDEO] 'ARRASTOU MINHA MOTO, TOMBOU O CARRO DA MINHA MÃE', DIZ MOTOBOY QUE VIU BALÃO ATINGIR VEÍCULOS NA ZONA LESTE DE SP
G20: NO RIO, BRASIL ESPERA QUEBRAR JEJUM DE DECLARAÇÕES QUE JÁ DURA MAIS DE 2 ANOS

Comentários (0)

Deixe seu comentário